Negócios

Adquirência: o que é, como funciona, desafios e oportunidades

Equipe
Escrito por Equipe
Adquirência: o que é, como funciona, desafios e oportunidades
Junte-se a mais de 12 mil pessoas

Entre para nossa lista e receba conteúdos exclusivos e com prioridade

A adquirência é uma parte fundamental nos processos de pagamentos com cartões de débito e crédito. Mas você sabe o que esse termo significa? 

Quando você paga uma compra com cartão, as informações precisam ser processadas por diferentes instituições. Por exemplo, o banco e a bandeira do seu cartão. Os adquirentes são mais uma etapa nesse processo. 

Junto com o banco e a bandeira, o adquirente ajuda a garantir a segurança em todos os pagamentos realizados com cartões. 

Esse é um assunto pouco discutido, no entanto, e é comum surgirem dúvidas. Afinal, adquirência é a mesma coisa que a bandeira do cartão? 

Nesse artigo, você vai aprender tudo sobre a adquirência! Se depois de ler, você continuar com dúvidas, não esqueça de deixar sua pergunta nos comentários. 

Hoje você aprenderá:

Tenha uma boa leitura! 🙂

O que é Adquirência?

adquirencia-o-que-e
Adquirência corresponde ao mercado onde atuam as adquirentes, que são companhias que efetuam transações financeiras.

Adquirência o é termo utilizado para designar a área de atuação de empresas que efetuam transações financeiras, chamadas de adquirentes. Elas trabalham oferecendo soluções para vendedores e outros negócios, por exemplo, através do aluguel ou venda de maquininhas de cartão. 

Uma empresa da área de adquirência também pode oferecer outros tipos de soluções, como módulos de pagamento para lojas online. 

Seja qual for a solução oferecida, uma empresa adquirente deverá fornecer  também o certificado de PCI Compliance. Trata-se de uma das maiores soluções de segurança do mundo. Ele é obrigatório para qualquer empresa que realize o armazenamento, processamento, e transmissão dos dados de cartões pela web. 

Assim, a adquirência não é só garantir que esses dados sejam transmitidos, mas que cheguem em seu destino de maneira segura. 

Exemplo de Adquirência

Para entender melhor como funciona a adquirência, vamos dar um exemplo. Imagine que você está prestes a fazer uma compra em uma loja de roupas. Quando perguntado sobre o método de pagamento, você responde ao caixa que irá parcelar a compra no cartão de crédito. 

A maquininha na qual você passa o seu cartão é uma solução oferecida para a loja de roupas por um adquirente. Nela, a atendente digitou o valor total da compra e o número de parcelas. Você então passa seu cartão e digita sua senha. 

Todas essas informações são enviadas para a bandeira do seu cartão. Essas são as empresas como Visa, Mastercard e American Express, por exemplo. A bandeira verifica as informações e confirma se aquele cartão está autorizado a utilizar o método de pagamento escolhido (crédito) e a parcelar a compra. 

Suas informações, então, chegam ao banco. Esse será o responsável por responder se você possui crédito (ou saldo, no caso das compras por débito) suficiente para a transação. 

Agora, os dados fazem o caminho reverso: do banco, para a bandeira, para o adquirente. Quando deu tudo certo, a maquininha retorna a mensagem de: transação aprovada. 

Como esses processos lidam com dados muito sensíveis, como sua senha e suas informações financeiras, tudo precisa ser criptografado e certificado. E, claro, isso tudo tem custos. 

Nas adquirentes tradicionais, esse custo ficava contemplado no aluguel das maquininhas. No entanto, já existem opções em adquirência que permitem que o comerciante compre a solução, pagando apenas uma vez. É o caso da Acqio. 

Então, ao invés de pagar aluguel, mais as taxas da transição, o comerciante paga apenas as taxas. Claro, nem todas elas dizem respeito à adquirência. A bandeira e o banco também podem cobrar taxas operacionais. 

Produto de Adquirência

Os produtos de adquirência englobam qualquer solução para pagamentos eletrônicos. Ou seja, que fazem a ponte entre o cliente e a bandeira de cartão. 

Por exemplo, a maquininha de cartão de crédito e de débito. Porém, não para por aí. Existem vários outros produtos comuns fornecidos por essas empresas.

Em abril deste ano, 2019, a Acqio, a Elo e a Cateno lançaram um produto de adquirência em parceria: o Cartão Acqio. 

Esse é um produto que promete ser a alternativa ideal para movimentações financeiras de pequenas e médias empresas. Trata-se de um cartão pré-pago e recarregável. Ele funciona com um microchip e pode ser usado para pagamentos nacionais ou internacionais. 

Outro exemplo de produto de adquirência são os módulos de pagamento para ecommerce. 

Adquirência de cartão

Você sabe qual a diferença entre adquirência e bandeira de cartão? Pois é, poucas pessoas sabem. Mas neste item vamos explicar direitinho para você:

Com explicamos, a adquirência é uma ponte entre você e a bandeira do cartão. Ela opera fazendo a liquidez das transações. Esse serviço é relacionado, mas diferente do que as bandeiras fazem.

As empresas de bandeiras, como Mastercard, Visa e American Express, trabalham regulando o mercado de cartão de crédito. 

Assim, elas regulam as regras a serem aplicadas em cada situação, banco, bandeira e adquirente. Por exemplo, a quantidade de parcelas máxima em que você pode dividir o valor do pagamento. Ou, então, se o cartão é aceito internacionalmente ou não.

Como funciona a adquirência?

adquirencia-como-funciona.jpg
Entenda abaixo como funciona a adquirência.

No momento em que você passa o cartão na maquininha (por exemplo, da Acqio, uma adquirente) ela gera um código criptografado. Ele contém todas as informações da compra e do seu cartão. 

Esse código é enviado à bandeira do cartão. Agora, a bandeira irá analisar se o método de pagamento escolhido está de acordo com seu serviço contratado. Ou seja, aquele cartão está habilitado para crédito? Você pode parcelar em tantas vezes? Você está dentro ou fora do seu país? E seu cartão pode ser utilizado assim?

Depois de responder todas essas perguntas, caso esteja tudo ok, ela se comunica com o banco. Para ele, serão enviados todos os dados anteriores, acrescidos do ok da bandeira.

Quando a bandeira se comunica com o banco, a pergunta é sobre a sua situação financeira. 

Isso é, se você tem esse crédito com o banco ou se já não excedeu o limite. Com tudo ok, o banco transmite a informação de volta para a bandeira.

Finalmente, a bandeira diz para a adquirente que a forma de pagamento e os valores estão todos ok. Que a transação pode ser efetuada.

Nesse momento, o dinheiro é colocado na conta da adquirente e o valor subtraído do seu crédito. Esse dinheiro apenas chegará ao dono da loja de roupas após processamento pela adquirente, normalmente em um período já combinado entre eles. .

Bancos

Os bancos são responsáveis por duas partes dessa operação inteira. A primeira delas é de serem os emissores dos cartões de crédito e de débito. A segunda é verificar se o cliente possui saldo ou crédito para realizar a operação. Assim, ele nega ou autoriza a transação.

Não são só os bancos, no entanto, as instituições financeiras que podem emitir cartões. Existem diversos tipos de instituições financeiras autorizadas a emitir cartões de crédito. E isso sem contar nos cartões pré pagos, como o Cartão Acqio. 

Estabelecimentos

Os estabelecimentos são as lojas que venderam o produto ou serviço. Lembrando que o estabelecimento também pode ser um e-commerce, um profissional liberal vendendo seu serviço, pode ser até mesmo o Uber com cartão.

Se você é a parte que representa o estabelecimento e está querendo saber quando você recebe seu dinheiro, nós diremos. 

As adquirentes têm, geralmente, até um mês para pagar o seu dinheiro. Porém, muitas oferecem em menos tempo. Vamos tomar como exemplo a Acqio.

As transações realizadas na maquininha Acqio são pagas em menos de uma semana. Se você fizer uma transação entre segunda e quarta, recebe na sexta. 

Se for entre quinta e domingo, recebe na terça. Além disso, todas as suas vendas parceladas podem ser antecipadas automaticamente.

Clientes

Os clientes, no entanto, têm os valores descontados imediatamente. Seja através de débito em conta ou crédito, para vendas parceladas. Os valores vão, primeiro, para a adquirente.

Elas garantem que a sua transação será feita com segurança e ajudam você a manter um controle financeiro. 

A adquirente também oferece soluções para facilitar o parcelamento de compras.

O Papel da Adquirência

A adquirência possui um papel muito importante no mercado financeiro. Isso porque, graças a às adquirentes, a transação recebe maior liquidez. 

O que isso significa? Que o dinheiro que está em contas retorna mais facilmente à circulação. Assim, a economia gira mais rápida e mais dinâmica. 

Isso acontece porque o comércio recebe seu dinheiro mais rápido. Assim, contrata mais pessoas, essas pessoas consomem e o ciclo continua.

Isso porque, como explicamos, a adquirência é uma ponte. Ela liga o estabelecimento, a bandeira e o cartão. Dessa forma, também fornece maior segurança para todos os envolvidos na operação.

Mercado de Adquirência

adquirencia-porque-e-importante.jpg
Veja como se desenvolveu o mercado de adquirência.

Há bastante tempo, as empresas Cielo e Rede possuíam o monopólio dos cartões Visa e Mastercard. Depois da intervenção dos órgãos brasileiros regulamentadores do mercado financeiro, o acesso a essas bandeiras foi redistribuído.

Assim, diversas outras empresas puderam surgir, vendendo maquininhas de cartão de crédito e de débito. Entre elas, nós temos a PagSeguro, a Stone, a Acqio, entre outras. 

O mercado, então, ficou dividido. O que antes era feito por apenas duas empresas, agora pode ser feito por várias. 

Empresas de fora chegaram e empresas brasileiras surgiram. O mercado financeiro no Brasil se aqueceu e pôde-se investir mais nessa área.

Saiba mais sobre esse mercado:

Principais adquirentes do mercado

Há diversos adquirentes no país, como falamos anteriormente. Mas os principais podemos dizer que são cinco: Acqio, Cielo, PagSeguro, Rede e Stone. 

Cada um desses têm suas vantagens e cabe analisar bem antes de optar por uma dessas empresas para contratar.

Isso é, você quer pagar aluguel? Ou prefere comprar o equipamento? Qual o nível do suporte que você quer? Essas perguntas são importantes na hora de escolher um dos aparelhos de pagamento eletrônico.

Por exemplo, a Acqio é uma das principais adquirentes. E ela ganhou esse tamanho graças ao alto investimento na expansão da franquia e no suporte aos clientes e franqueados. Isso mesmo: a Acqio fornece apoio para todos os membros do seu grupo.

Adquirentes no Brasil

Os adquirentes no Brasil se expandiram muito nos últimos anos. A Acqio, por exemplo, se tornou, atualmente, a 15ª franquia segundo a ABF. No seu ramo, de fintechs, a Acqio é a única dentro desse ranking.

Com seu plano de expansão e suporte, a Acqio sempre mantém um franqueado próximo aos clientes. Assim, sempre tem alguém para apoiar o estabelecimento. Sendo essa a sua chance de ter um apoio parceiro, humano e amigo.

Nada de ter que ficar atravessando cidades para falar com alguém. Se tem Acqio na sua cidade, tem alguém perto de você.

Adquirência vale a pena?

Pensando em investir no mercado de adquirência? Trata-se de um setor cheio de oportunidades e com muito espaço para expansão. 

Claro, começar do zero é inviável para o pequeno empreendedor. Isso porque você precisaria de muito know how, de todas as certificações de segurança e muito trabalho. Por sorte, existe uma alternativa: o franqueamento! 

A Acqio, por exemplo, oferece a opção de começar uma franquia home based com investimento inicial de apenas R$ 6 mil, além de várias vantagens. 

Lembra aquele momento em que falamos que o dinheiro fica com o adquirente? Nesse momento, algumas taxas são cobradas. Quando você se torna um adquirente, um franqueado, essa taxa é sua. E essas taxas podem variar até 0,90%! 

Isso é, se você for um franqueado Acqio. Isso significa que, sempre que você vender uma maquininha, você receberá valores além da venda em si. Você receberá uma parte de cada transação que seu cliente realizar. Converse com um consultor Acqio!

Conclusão

adquirencia-conclusao.jpg
Agora você já sabe tudo sobre adquirência e de como é fundamental no mercado financeiro.

A adquirência cumpre um papel muito importante no mercado financeiro. E também não é possível fugir muito do uso delas, visto que uma maquininha já é um adquirente. 

Aconselhamos, no entanto, evitar mais barreiras entre você e as vendas, como outros subserviços.

Isso porque eles trariam mais taxas do que você precisa pagar. As maiores adquirentes no Brasil já fazem seu serviço bem. 

Obrigado por ler até aqui e muita prosperidade ao seu negócio!

Você também pode gostar de nossos outros artigos:

Hey,

o que você achou deste conteúdo? Conte nos comentários.

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Entre para nossa lista e receba conteúdos exclusivos e com prioridade

Junte-se a mais de 12 mil pessoas