Negócios

10 Negócios em Alta para Começar em 2019 Investindo Pouco

Equipe
Escrito por Equipe
10 Negócios em Alta para Começar em 2019 Investindo Pouco
Junte-se a mais de 12 mil pessoas

Entre para nossa lista e receba conteúdos exclusivos e com prioridade

Quais os negócios em alta em 2019? Muitos querem investir, mas não sabem por onde começar. Conheça 10 opções de negócios em alta que pedem baixo investimento.

Começar a empreender é o sonho de muitos brasileiros. Não é atoa que existem várias categorias de tamanhos de empresas, respeitando o limite de cada empreendedor.

Para que todos tenham chance de investir, é bom que o mercado apresente diversas opções.

Confira essas ideias bacanas e se torne um microempreendedor.

Qualquer dúvida, pergunte nos comentários.

Boa leitura e não esqueça de nos contar sobre o seu sucesso depois! 🙂

Neste artigo você verá:

10 negócios em alta lucrativos para começar com pouco dinheiro

É muito comum pessoas que querem empreender não saber por onde começar. E quando você não tem um alto capital inicial, as opções ficam ainda mais limitadas. Pensando nisso, escrevemos esse artigo.

Todos sabemos como é estar perdido no mercado em algum momento da vida. E assim como nós da Viver de Maquininha encontramos nossos caminhos, resolvemos partilhar as nossas experiências. Assim como as perspectivas que temos para os próximos anos.

Para sermos mais objetivos, selecionamos 10 opções que temos bastante confiança de que podem ser lucrativas. Obviamente, vão depender também da sua análise de mercado e do seu esforço para que saiam do papel. Faça bom proveito!

Marketing de Afiliados

Você gosta de escrever? De gravar vídeos? Conversar e partilhar as suas ideias? Bem, você pode ganhar dinheiro falando sobre qualquer assunto. E através de qualquer mídia digital. Basta ter público e engajamento o suficiente.

Quando você chama atenção de uma boa quantidade de pessoas, você pode divulgar produtos de outras empresas. Sempre que seu público comprar, uma porcentagem irá para você. É isso que chamamos de marketing de afiliados.

Para o marketing de afiliados funcionar, no entanto, o produto, você e seu público devem estar alinhados. De nada adianta você ter um blog ou podcast sobre maquiagem e querer vender creme de barbear. As chances de vender algo são poucas.

Pense sobre o que você gosta de falar, como falar sobre isso e para quem. Depois, se divulgue e prospecte afiliados. Agora, é só receber dinheiro produzindo o conteúdo que você gosta.

Petsitter

Quem gosta de animaizinhos vai adorar essa ideia. Você sabia que está entre os negócios em alta cuidar de gatinhos e cãezinhos?

É uma oportunidade de ganhar dinheiro sendo o anjo da guarda de algum bichinho. Assim, donos de pets podem viajar tranquilos. E você terá um trabalho prazeroso e querido.

Há dois modelos de trabalho. Em um dos modelos, você é quem vai até à casa da pessoa. Lá, você fica um certo tempo, cuida das necessidades e da alimentação do animal e brinca com ele. No outro modelo, é o contrário. Sua casa vira uma creche de bichinhos.

Existem aplicativos e sites, inclusive, específicos para conectar essas pessoas. Além de dar suporte para compra de ração, petiscos e brinquedinhos para os bichinhos!

É ou não é um jeito muito agradável de empreender?

Microfranquias

negocios-em-alta-microfranquias.jpg
As microfranquias podem dar um retorno rápido para quem quer começar a empreender!

Você sabe o que é uma franquia? É simples: trata-se de um atalho para o empreendimento. Após pagar uma taxa de franquia (seu ingresso na rede), você se torna um empreendedor daquela marca em uma determinada região.

Ou seja, é como se você pagasse um aluguel para utilizar aquela marca e vender aqueles produtos e serviços. Para os clientes, você tem todos os valores e diferenciais daquela empresa consolidada. E eles comprarão de você como se estivessem comprando da grande marca.

Ao entrar em uma franquia, você recebe o know-how, treinamentos e materiais. Temos um artigo que explica direitinho como funciona uma. Porém, a taxa de franquia normalmente é alta. Entre R$ 100 e R$ 200 mil. Mas não desista ainda: existem as microfranquias. 

São opções de menor custo, entre R$ 6 mil e R$ 50 mil. Geralmente possuem retorno rápido e faturamento alto. Um ótimo exemplo é a Acqio, saiba mais!

Redação de Artigos

Você gosta e sabe escrever? Tem um domínio bacana do português? Essa é a sua oportunidade de fazer dinheiro com esse seu talento. Você pode lucrar apenas tendo um teclado, um monitor e um mínimo de tempo para estudar sobre redação de blogs.

Muitas empresas utilizam blogs e eBooks hoje em dia como estratégia de marketing. E todas elas costumam terceirizar a produção dos seus artigos. É nessas horas que você entra com seu talento. Aprenda sobre SEO, técnicas de persuasão e mão na massa.

O bacana desse tipo de trabalho é que você aprende sobre muitos assuntos. Você não só trabalha e ganha dinheiro, mas descobre vários universos novos de conhecimento. Para escrever, você tem que pesquisar. Nesse momento, sua mente enriquece.

Bioartesanato

Conforme a tecnologia evolui, as pessoas se sentem mais saudosistas com o rústico. Muita gente gosta de manter contato com a natureza, com nossas raízes.

Por isso, você tem uma ótima oportunidade de ganhar dinheiro. Seja fazendo biojóias, objetos de madeira ou similares.

Você ajuda a natureza a estar presente no dia a dia da sociedade novamente. Ajuda as pessoas a lembrarem de onde viemos.

Bioartesanato costuma pedir baixo investimento. Você pode fazer geralmente com materiais que você encontra em qualquer lugar, até mesmo da praça da cidade. Por exemplo, sementes, cascas de frutas, conchas. E ainda desestimula a mineração que pode prejudicar a natureza.

Infoprodutos

O conhecimento é um produto muito valioso. Todos queremos saber sobre algo. Seja por curiosidade, hobbie ou realmente aprimoramento profissional. Essa fome por informações que o ser humano tem será a origem do seu lucro.

Infoprodutos geralmente são eBooks, vídeos e qualquer mídia que consiga passar uma informação de maneira didática. Geralmente são utilizados por cursos e instituições de ensino EAD como instrumento, não o produto em si. E para esses você pode vender seu serviço de confecção.

Porém, você também pode vender o infoproduto em si diretamente para o consumidor final. Para isso, escreva ou produza um vídeo, ou podcast sobre alguma área do conhecimento. 

Esse produto deve ser bem didático, informativo e útil. Pense como você pode passar essas informações de maneira mais rica e mais eficiente do que seus clientes podem encontrar de graça.

Ganhe dinheiro com seus objetos de casa

Quer ganhar dinheiro sem gastar absolutamente nada? Então alugue os objetos que você tem em casa. Isso mesmo, objetos! Quaisquer sejam eles. 

Sabe aquela bike que você não pedala mais? Ou o airfryier que você comprou por impulsividade? Até mesmo aquela caixinha de som que você pensou que teria tempo para usar em casa?

Você pode alugar para terceiros e ganhar dinheiro enquanto eles cuidam para você.

Para isso, você pode utilizar aplicativos e portais online. Entre eles, podemos citar a Alooga, a Alugaai, a Talugo e a Cyou. Eles funcionam mais ou menos assim:  

Uma pessoa disponibiliza um objeto. Esse objeto será alugado por outra pessoa. Cobra-se uma taxa de cada um. Há, nesse momento, um modelo de contrato de locação, caso as partes queiram. Ele inclui garantia que cobre danos ou não devolução. 

No final do aluguel, os dois usuários avaliam um ao outro. Assim como em aplicativos como Uber e 99pop, quem tiver uma baixa avaliação não pode mais ofertar ou utilizar o serviço. 

Casa que vira pousada

Você possui um quarto extra no seu apartamento? E um sobradinho nos fundos da sua casa? Você pode ter a sua própria pousada. Ao menos essa é a proposta da AirBnb. 

Através de sites como esse, sua casa é disponibilizada para que viajantes fiquem por poucos dias ou grandes temporadas.

A vantagem é que você pode ter acesso à avaliação feita em cima de cada hóspede. E pode avaliá-lo depois que for embora. Dessa forma, você tem um controle para saber com quem está dividindo a sua residência.

Não esqueça, no entanto, que você também será avaliado. Por isso, você pode ir aprimorando a sua casa e transformando em uma pousada de maior preço. A sua casa na praia que você não vai há anos pode virar a residência temporária de um estudante. 

Drop Shipping

Ecommerce é um dos modelos de empreendimento mais comuns no mercado atualmente.

Porém, seus vendedores costumam ter armazéns, estoque, espaço para conservar os produtos. Tudo isso requer muito dinheiro. E, bem, essa é uma lista de negócios em alta com baixo investimento.

Em 2019, um dos modelos de negócios em alta mais recentes é, com certeza, o drop shipping. E esse modelo é ecommerce com maior economia quanto a estoques.

Isso porque, em vez de você armazenar com você os produtos, eles são enviados ao cliente direto do fornecedor.

Principalmente se você quiser vender alimentos, esse modelo de ecommerce é a melhor opção. Os custos para conservar comida, além da vigilância sanitária, são todos altos. E se você não vende logo, estraga e tem que comprar novamente.

Estampas de Camisetas

Você manda bem de arte digital? E diagramação, desenhos, montagens de fotos e legendas. Tudo que for possível fazer e ficar bonito em uma camiseta, você pode vender sem qualquer custo de investimento.

Ao menos é a proposta de várias camiseterias online.

Como funcionam essas lojas? Bem, você manda uma arte, monta a sua loja virtual dentro daquele domínio e divulga. Quando alguém comprar, os custos de material e uma porcentagem do lucro vão para o dono do domínio. O resto, vai para você.

Os únicos custos que você tem são o tempo de fazer algo bacana e a divulgação. E o melhor é que esse tipo de produto é escalável. Ou seja, faça uma estampa e venda quantas vezes você quiser o mesmo modelo.

Essas lojas também podem oferecer outras peças de roupa para serem estampadas. Casacos, moletons, até mesmo mochilas, almofadas e canecas.

Qual o melhor negócio para 2019

negocios-em-alta-qual-melhor-1.jpg-1
Veja o melhor negócio para investir em 2019.

As projeções das empresas em crescimento são sempre bons nortes para se ter. Não as que estão grandes apenas, mas aquelas que estão em expansão.

O que elas estão fazendo que traz lucro a elas? Quais as dores e necessidades das pessoas que elas sanam? Como elas estão convencendo o público a darem seu dinheiro em troca de seus produtos e serviços? Isso nos faz refletir e concluir o melhor negócio.

Entre os negócios em alta, nós da Viver de Maquininha colocamos nossas primeiras fichas em microfranquias. Esse é um modelo de negócio em expansão e bastante econômico. Como já há uma empresa maior por trás, investindo em melhorias e divulgação, só lhe falta vender e lucrar.

3 Negócios em Alta para empreender em 2020

negocios-em-alta-para-investir-em-2020.jpg
Veja negócios para empreender em 2020.

Como estamos interagindo em sociedade define muito como será o consumo. E o que define o consumo, define o empreendedorismo.

Retorno à natureza

O sentimento da busca do ser humano por si mesmo é presente em todas as eras. Neste momento, as pessoas estão encontrando, ou ao menos procurando, suas respostas na natureza. Uma das áreas para empreender em 2020 é continuar investindo em bioartesanato.

Boas influências

Todos os dias recebemos enxurradas de informações. E elas vem em todas as áreas. Política, sociedade, saúde, alimentação, entretenimento.

Por isso, as pessoas estão procurando ter fontes confiáveis, estáveis e seguras. Essa tendência deve continuar por bons anos. Por isso, ao se tornar uma autoridade em algum assunto, o marketing de afiliados é bastante lucrativo para você.

No débito ou no crédito?

As Feiras de Franquias só expandem no Brasil. E o que isso mostra? Que esse é um modelo de negócio que está se fortalecendo mais e mais!

Por isso, é bom ficar de olho para não perder a sua fatia nesse bolo.

Entre as franquias para se ficar de olho, aconselhamos a Acqio. É uma microfranquia de venda de maquininhas de cartões de débito e crédito. Com ela, você recebe duas vezes.

Ao vender o aparelho, receba uma comissão sobre o equipamento.

Quando seu cliente utilizar a maquininha para vender algum produto ou serviço, você recebe novamente, em forma de comissão também.

Dê uma olhada no artigo que temos sobre o assunto.

Vale a pena abrir o meu próprio negócio?

Depende. Você gosta de ser funcionário? Prefere trabalhar sendo cobrado, obedecendo expediente, recebendo ordens?

Se você acha esse um modelo bom ou mais adequado de trabalho, então não. Não vale a pena abrir o seu negócio.

Porém, se você gostaria de ter o lucro para você, aí sim! Se você gostaria de escolher seus próximos horários, ser o único a se cobrar e estabelecer metas, também.

Se você quer sempre crescer e receber de acordo com seus próprios esforços, vale muito apena abrir seu próprio negócio.

Conclusão

negocios-em-alta-conclusao.jpg
As microfranquias estão em alta e pode ser um ótimo negócio para você começar a empreender!

Oferecemos 10 opções bacanas de negócios em alta. Porém, analisar qual o melhor para o seu perfil de empreendedor é com você mesmo.

É bom, também, estudar o seu mercado e a sua região. Dessa forma saberá qual dos negócios em alta terá o melhor retorno.

Se quiser mais informações sobre como ter uma grana boa em 2019, confira nosso eBook que foi escrito especialmente para tratar desse assunto.

Você também pode gostar de nossos outros artigos:

Hey,

o que você achou deste conteúdo? Conte nos comentários.

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Entre para nossa lista e receba conteúdos exclusivos e com prioridade

Junte-se a mais de 12 mil pessoas